sexta-feira, 6 de junho de 2014

Meu Pedacinho de Chão e o encantamento da arte de Raimundo Rodriguez

Estive visitando a cidade cenográfica da novela 'Meu Pedacinho de Chão", no Projac, a convite do artista plástico e diretor de arte da produção, Raimundo Rodriguez. Assisti alguns capítulos da novela, e de fato me surpreendi, o  projeto da novela Meu Pedacinho de Chão é uma transformação na linha dramatúrgica da Rede Globo. O cenário é uma pintura com referências claras a Manet e Akiro Kurosawa, não estou falando de cenografia, estou falando em ARTE NA ESSÊNCIA, coisa difícil de se ver nos projetos cenográficos da emissora. 
O local é uma verdadeira  aula de história da arte, com referências a arte bizantina, barroca, impressionismo e o modernismo, parece uma pintura a cada momento, em cada enquadramento.
A  cidade é toda feita de lata, e grande parte delas saíram das mãos do pessoal de Jardim Gramacho, isso vai além da arte, amplia a percepção das possibilidades de transformação que arte pode realizar. A arte além de tocar, pode ser tocada, habitada, sentida e vivida na sua plenitude.
O que o diretor Luiz Fernando Carvalho, Raimundo Rodriguez  e toda equipe da novela estão fazendo na emissora é uma conspiração do bem, subvertendo os valores e mostrando as infinitas possibilidades que o seu talento pode realizar.
A novela é um alento para nós que acreditamos no papel transformador da arte, e que é possível vivenciar uma plena experiência da cultura nos grandes meios de comunicação e entretenimento.





Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Temer transforma o Brasil num dos países mais infelizes do Mundo

Caiu um dos últimos mitos que restavam ao Brasil, o da felicidade. Pesquisa Gallup divulgado na última semana coloca o país como um dos ma...