quarta-feira, 29 de abril de 2015

Boatos na velocidade dos tempos atuais

A sociedade da informação que vivemos hoje, nos coloca vários desafios para nosso dia-a-dia. A informação se propaga e viaja, quase na velocidade da luz, principalmente boatos, muitos falsos, outros verdadeiros. Eles tem uma força poderosa, capaz de fazer revoluções, como no caso da Primavera Arabe, como também de causar tragédias, como do linchamento de uma mulher, acusada supostamente de cometer um crime.
Fico me perguntando, pra que avançamos tanto no sentindo de aumentar nossa comunicação, se as atitudes retrocedem ao período medieval.
Nos ultimos dias, Duque de Caxias, foi tomada por uma onda de boatos, de um casal, de mulheres, que estavam tentando sequestar crianças em determinados bairros, até um corpo de uma criança sem órgãos, apareceu no terreno fértil da internet. Uma gravação de uma mulher dizendo que duas mulheres conversando, com atitude suspeitas, e a autora dizendo que isso já se configurava como uma intenção de cometer o  crime.
O fato é que existe apenas um registro na delegacia, a respeito do assunto, duma suposta tentativa de sequestro. As autoridades, estão investigados as suspeitas levantadas, mas até agora,  são somentes boatos.
Claro que temos que olhar nossas crianças e ter sempre cuidado em relação a elas, vivemos numa sociedade com pessoas de bem, mas também com muitas que querem fazer o mal. Mas isso não é motivo para espalhar o medo e a tensão. Precisamos ficar vigilantes a tudo, principalmente em relação a nossas atitudes.
O importante, é caso de fato exista algo de suspeito que ocorra, que seja avisado a autoridade policial, para que possa proceder dentro dos limites da lei.



Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cansei, poesia

Recital de Poesia e Microrrelato em Vigo, realizado  no Galo Vento. Cansei, é uma das poesias que recitei no evento. A poesia está publicad...