terça-feira, 13 de dezembro de 2011

UERJ Olímpica busca talentos do esporte em Duque de Caxias

Incentivar a prática de esportes e descobrir novos talentos, estes são alguns dos objetivos do programa UERJ Olímpica, que será inaugurado nesta quarta-feira (14/12), às 11 horas, no Clube dos 500 (Rua Marechal Deodoro, 447, bairro 25 de Agosto), pela Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Sect), no município de Duque de Caxias. Destinado aos alunos da rede estadual de ensino, na faixa etária de 12 a 17 anos, o programa contará com a orientação de professores de Educação Física da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) nas modalidades de futsal, handebol, natação e vôlei.

Segundo o secretário de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso, o UERJ Olímpica funcionará o ano inteiro. “Nesta fase de implantação do programa escolhemos dois clubes em Duque de Caxias, o Clube dos 500 e o Recreativo, ambos no Centro, que tiveram suas quadras e piscinas totalmente reformadas para atender os estudantes da rede estadual de Educação. A nossa meta é chegar a 30 unidades no próximo ano”, revela o secretário.

As inscrições começam na própria quarta-feira e encerram no dia 28 de dezembro, e para participar os interessados devem apresentar em um dos dois clubes a carteira escolar e as atividades têm início no dia 3 de janeiro. “O objetivo do programa é de incentivar os jovens a praticarem esportes. Mas não podemos esquecer que em 2016 a cidade do Rio de Janeiro será sede dos Jogos Olímpicos, quem sabe não possamos descobrir atletas que estarão integrando a delegação brasileira na competição?”, destaca Alexandre Cardoso.

Para o professor de Educação Física da UERJ e idealizador do projeto, Jorge Eiras, a iniciativa é importante não só para os estudantes, mas também para os clubes envolvidos. “Ao decidirem integrar o programa, este clubes acabam beneficiados pelas melhorias feitas em suas quadras esportivas e piscinas, dando a oportunidade de serem utilizadas em competições, já que as quadras são cobertas”, afirma.

Recuperação completa

Para participar do projeto Uerj Olímpica os clubes interessados devem contar com quadras poliesportivas cobertas e piscina. “ Fazemos uma avaliação prévia das instalações e o que será necessário para colocar em funcionamento o projeto. A partir daí, buscamos os recursos juntos à Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), como aconteceu com os dois clubes de Duque de Caxias . No caso do Clube dos 500 e do Recreativo recuperamos não só as quadras como também os vestiários, banheiros, assim como a piscina. Tudo está em condições de atender os participantes e os professores que estarão supervisionando nossos futuros atletas”, explica o secretário de Ciência e Tecnologia do Estado, Alexandre Cardoso.


 

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Temer transforma o Brasil num dos países mais infelizes do Mundo

Caiu um dos últimos mitos que restavam ao Brasil, o da felicidade. Pesquisa Gallup divulgado na última semana coloca o país como um dos ma...