sexta-feira, 15 de junho de 2012

Festival Roque Pense: música, mulheres e guitarras afinadas contra a discriminação pelo sexo



Nova Iguaçu aquece as turbinas para receber, entre os dias 21 e 24 de junho (quinta-feira a domingo), o Festival Roque Pense!, primeiro circuito rock de bandas com mulheres na Baixada Fluminense. O projeto, patrocinado pela Secretaria de Estado de Cultura, tem realização do Coletivo Let’s Pense, que atua na cultura anti-sexista, ou seja, contra a discriminação por gênero e conta com as parcerias da  Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos e da Secretaria Municipal de Cultura de Nova Iguaçu.

A iniciativa abrigará ações como painéis de Graffiti comandados pelo grupo Artefeito, campeonato feminino de skate promovidos pelo Girls in Ação, debates e rodas de ideias com representantes de movimentos sociais, exibições de filmes com o Cineclube Buraco do Getúlio, também de Nova Iguaçu, além de 13 bandas autorais, de várias cidades e estados, com integrantes mulheres. Todos os três dias de evento serão transmitidos pela Roque Pense Rádio Web, o espaço onde os internautas poderão se informar, curtir e interagir com o Festival. Giordana Moreira, idealizadora do projeto e produtora cultural, fala de como surgiu o projeto:

- Achamos que podíamos estender o anti-sexismo para o Rock. Existem poucas mulheres nesse meio independente e daí surgiu a ideia do Festival Roque Pense falar sobre a discriminação pelo sexo com o que mais a galera curte e cultiva. Porque a Baixada é Rock! Importante dizer que aqui há um público imenso, ótimas bandas despontando e uma tradição de décadas com a cultura alternativa.

As bandas que brindam as três noites são Ricto, de Teresópolis/RJ, Ten Fingers, de São João de Meriti/RJ, Cretina e Luasys de Nova Iguaçu/RJ,  As Radioativas, de São Paulo/SP, Badhoneys de Porto Alegre/RS, She Hoos Go, de Pelotas/RS, Top Surprise, de Juiz de Fora/MG, Catilinárias, Domestic Junkies, Sonoplastiq, Mortarium e Scatha, do Rio de Janeiro/RJ. Todas inscritas e selecionadas pela curadoria do Festival que recebeu mais de 50 inscrições de bandas roqueiras de todo o país interessadas em participar.

Programação diversa, para divertir e para pensar

O evento abre no Dia da Educação Não Sexista, 21 de junho, quinta-feira, na Casa de Cultura de Nova Iguaçu, com um programa especial da Roque Pense Radio Web que irá convidar, para uma roda de ideias sobre cultura anti-sexista, a deputada estadual Inês Pandelo, representantes da Superintendência do Estado de Direitos da Mulher e a organizadora do Festival Mulheres no Volante, Bruna Provazi, de Minas Gerais. A programação encerra com o show das Catillinárias.

Na sexta-feira 22, começam os shows no palco que será montado na Praça do Skate, centro de Nova Iguaçu. Um painel de graffiti com o Coletivo Artefeito será criado ao vivo, com som rolando a partir das 14hs. Às 19h entram no palco She Hoos Go, Top Surprise, Cretina e Badhoneys, em uma noite de muitas guitarras distorcidas.

O sábado é dia de cinema com o Cineclube Buraco do Getúlio, que traz, especialmente para o Festival, duas produções de mulheres da Baixada Fluminense: os curta-metragens “Prazer, Meu Nome é Nova Iguaçu”, de Yasmin Thayná, e “A Primeira Máquina do Tempo do Mundo”, de Josy Antunes. Ainda será exibido o documentário “Vulva La Vida, Vida lá vou eu”, da instituição participante Vulva La Vida. A partir das 19hs as bandas Ricto, Mortarium, Scatha e As Radioativas comandam a noite mais pesada do projeto.

O último dia, domingo, começa logo cedo, às 13h, com o “Girls In ação” uma jam session feminina de skate organizada pela premiada Mary Jane. A discotecagem acontece até às 19h quando começam os shows que fecham a noite: Luasys, Ten Fingers, Domestic Junkies e Sonoplasti-Q.


Quando tudo começou...

O Coletivo Let’s Pense surgiu em fevereiro de 2011, para provocar o debate e difundir a proposta da educação não-sexista entre a juventude. Promove a proposta da conscientização contra a discriminação por gênero através de editoriais independentes, oficinas, peças gráficas e diferentes formas de comunicação urbana através de textos, imagens e colagens.

Pouco tempo depois surgiu o Circuito Musical Roque Pense! para estimular o protagonismo e a produção musical feminina no Rock, com a discotecagem e shows de bandas com integrantes femininas. O Circuito conta com duas edições realizadas na Praça do Skate de Nova Iguaçu, atingindo uma média de 400 pessoas em cada uma.  Suas edições acontecem de acordo com o calendário de luta pelos Direitos da Mulheres.

A Roque Pense Radio Web é o mais novo espaço usado pelo Coletivo para falar das iniciativas anti-sexistas, as conquistas das mulheres e sua produção cultural, entrevistas, entre outras ações. Através de transmissões online, direto do blog http://roquepense.blogspot.com.br, a Roque Pense Rádio Web divulga suas ideias contra o preconceito pelo sexo.


Ficha Técnica

Produção Executiva: Giordana Moreira
Coordenação de Produção: Letícia Lopes
Direção de Palco: Igor de Assis
Direção de Arte: Paulo Vitor
Mídia: Felipe Samura
Transmissão: Marcio Bertoni
Assessoria de Imprensa: Terreiro de Ideias: Arte, Comunicação, Cultura
VJ: Paulo China

Serviço

Quando: 21 a 24 de junho, de quinta a domingo
Onde: Casa de Cultura de Nova Iguaçu (21) e Praça do Skate (22, 23 e 24), Centro de Nova Iguaçu
Quanto: Entrada franca em todas as atividades
Patrocínio: Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro
Co-Patrocínio: Qix e Brasas
Realização: Coletivo Let’s Pense
Parceria: Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Secretaria Municipal de Cultura de Nova Iguaçu e Cedim 
  

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cansei, poesia

Recital de Poesia e Microrrelato em Vigo, realizado  no Galo Vento. Cansei, é uma das poesias que recitei no evento. A poesia está publicad...