sexta-feira, 25 de abril de 2014

Território Baixada reúne coletivos e artistas da região numa série de encontros que celebra o 30 de abril

Comemorando o Dia da Baixada Fluminense e toda a sua vasta rede de artistas, produtores e coletivos culturais da região, o projeto Território Baixada abre seu Ciclo de Encontros no dia 30, a partir das 18h, com o debate Mapa-Múndi Daqui: Rotas que Inspiram com os coletivos Desmaio Públiko, Imaginário Periférico e TV Maxambomba, todos realizadores de ações e movimentos estéticos na região desde as décadas de 80 e 90. Após o debate, será aberta a Exposição Percursos da Resistência que homenageia a historia dos três grupos.
            Com realização do SESI Caxias, concepção e produção da Terreiro de Ideias: Arte, Comunicação, Cultura, o projeto continua ao longo do mês de maio até início de junho, sempre debatendo os caminhos da criação e da produção de grupos e artistas independentes na Literatura, Cinema, Patrimônio Histórico, Artes Cênicas,  Cultura Urbana, Música e Produção Cultural. Apresentações artísticas encerram sempre os debates com bandas, espetáculos circenses e teatrais, exibição de filmes, entre outros.
            Toda a programação, que tem entrada franca, pode ser conferida em facebook.com/territoriobaixada.


Serviço
Abertura - 30 de Abril, quarta às 18h
Exposição [Percursos da Resistência: Desmaio Públiko, Imaginário Periférico e TV Maxambomba]
Debate [Mapa-Múndi Daqui: Rotas que Inspiram]
Desmaio Públiko


Imaginário Periférico
TV Maxambomba
Mediador: Mauro Costa (FEBF/UERJ)
Discotecagem com DJ Lobão com os clássicos dos anos 70/80/90 no vinil.

8 de maio, quinta às 18h
Planos cinematográficos entre outras trilhas
Mediador: Diego Bion - Cineclubista, coordenador do Cineclube Buraco do Getúlio, de Nova Iguaçu.
Cacau AmaralDiretor de filmes como “Cinco x Favela” o caxiense é integrante do Cineclube Mate com Angu.
Paulo China VJ e cineasta iguaçuano, está lançando o filme “Praça do Skate”.
Getulio Ribeiro  - Formado pela Escola Livre de Cinema, dirigiu o filme “O Dia Que a Terra Não Acabou” vencedor do Festival Cine Chinelo (Pernambuco).
·         Donana”, de Cacau Amaral, Exibição do filme que conta a história do Centro Cultural Donana, com produção do Cineclube Mate com Angu.



15 de maio, quinta às 18h
Marcas urbanas e os espaços de difusão
Mediador: Slow  da BF  - Meritiense, legítimo Mestre de Cerimônias da cultura Hip-Hop.
Kaja ManGrafiteiro, organizador do Meeting Of Favela, o maior encontro de graffiti voluntário da América latina, que acontece em Duque de Caxias.
Maurílio SalO músico coordena o grupo de Maracatu Baque da Mata, de Nova Iguaçu.
Giordana Moreira –Ativista cultural,  faz parte do Roque Pense! que realiza um dos maiores festivais de cultura antissexista do país na região.
·         Tree” – banda com integrantes de Duque de Caxias que ocupa as ruas do Rio de janeiro com apresentações ao vivo.


16 de maio, sexta às 18h
O Work in Progress da Guerrilha: os processos de criação do território
Mediador: Marco Serra -  Ator, arte educador e ativista faz parte do  Leafro / UFRRJ-NI.


Deco Batista – Coordena a Sociedade Cultural Projeto Luar de Dança, em Duque de Caxias.
Cesario Candhí – Fundador da Companhia de Arte Popular, criada há 15 anos na Baixada Fluminense.
 Jorge Braga Jr O Ator e produtor cultural atua na Cia Código de Artes Cênicas, fundada por jovens de Japeri.

·         Sobretudo, com Emerson Noise – O palhaço malabarista de Mesquita que está movimentando a linguagem circense contemporânea



22 de maio, quinta às 18h
Produção de cultura no front: zonas de potencia, guerrilha e ativismo
Mediador: João Guerreiro – Coordenador do Curso de Produção Cultural da IFRJ.
Dani Francisco – Jornalista e Produtora Cultural, dirige a Terreiro de Ideias, localizada em Duque de Caxias.


Alexandre Marques – O Historiador atua junto a grupos de cultura tradicional da Baixada Fluminense e faz parte da APPH – Clio.
Fábio Santini – Administrador do Teatro SESI de Duque de Caxias.
Link: www.firjan.org.br/sesicultural

·         Espetáculo teatral “Procura-se”, produzido pelo Grupo Teatral Em Cena do SESI de Duque de Caxias.



29 de maio, quinta às 18h
Por uma cartografia cultural do território ou Movimentos que libertam: memória, política e rebeldia
Mediador: Tânia Amaro – A Historiadora dirige o Instituto Histórico da Câmara Municipal de Duque de Caxias.

Marlucia Santos Souza – Membra fundadora do Museu Vivo do São Bento, museu de percurso em Duque de Caxias.

Antonio Augusto Braz – O Historiador é diretor do Centro de Referência Patrimonial e Histórica Duque de Caxias.


Marcus Monteiro – autor de obras sobre o legado cultural da Baixada Fluminense integra o Instituto de Arqueologia Brasileira.


·         Praça do Skate, de Paulo China.  Exibição do filme que resgata a primeira pista de skate pública da América Latina, construída em Nova Iguaçu.



5 de junho, quinta às 18h
Escrita, Anarquia e outros gritos
Mediador: Heraldo HB – o escritor caxiense já publicou “Engenharia do aviãozinho” e “O cerol fininho da Baixada”.

João Carpalhau – faz parte da Capa Comics, revista que traz quadrinistas da Baixada Fluminense para as HQs brasileiras.

Tubarão - Integrante do Grupo de poetas marginais da cidade de Duque de Caxias “Compulsores de partida”.



Marlos Degani – Iguaçuano de coração o premiado Poeta tem uma ampla produção literária.

·         Miguel Bezerra – Um dos maiores repentistas do país radicado em Nova Iguaçu.

6 de junho, sexta às 18h         
Outras linhas de fuga: instruções para uma produção sonora independente
Mediador: Beto Gaspari – músico atuante na cena e nos palcos da Baixada Fluminense.
Marcelo Peregrino – fundador da Pirão Discos, selo independente que reúne músicos contemporâneos da região.
Sergio Cara Preta - Através da organização Trem da Harmonia publicou o livro “Frutos da Terra - Sambas e compositores iguaçuanos”.
Dida Nascimento – Músico e herdeiro do histórico Centro Cultural Donana, em Belford Roxo.

·         Pirão Discos – Apresentação de músicos da Baixada Fluminense que integram o selo independente.






Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cansei, poesia

Recital de Poesia e Microrrelato em Vigo, realizado  no Galo Vento. Cansei, é uma das poesias que recitei no evento. A poesia está publicad...