domingo, 27 de fevereiro de 2011

Um Oscar para a dignidade

Hoje na cerimônia do Oscar estaremos torcendo para que o filme Lixo Extraordinário seja premiado como melhor documentário pela academia. O filme que acompanha o trabalho do artista plástico Vik Muniz realizado com os catadores do bairro do Jardim Gramacho em Duque de Caxias, é um belo exemplo de como a arte pode exercer um papel de transformação na realidade das pessoas.
Que fique de exemplo para aqueles que ainda não acreditam  no potencial da arte e da cultura e que no meio de tanta miséria, dentro de uma cidade rica como Duque de Caxias, possam alem de talentos, descobrir que existem seres humanos com capacidade de lutar com dignidade.
Tião Santos um dos protagonistas do filme representa hoje milhões de brasileiros que sonham com um novo país, além de ser o primeiro caxiense a pisar o tapete do Oscar.
Parabéns , Vik, Lucy, Tião e toda a equipe do filme!

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cansei, poesia

Recital de Poesia e Microrrelato em Vigo, realizado  no Galo Vento. Cansei, é uma das poesias que recitei no evento. A poesia está publicad...