quarta-feira, 12 de agosto de 2015

12º FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO DE DUQUE DE CAXIAS INSCREVE ATÉ 31 DE AGOSTO

Estarão abertas até 31 de agosto as inscrições para o 12º Festival Nacional de Teatro de Duque de Caxias, que este ano vai distribuir R$ 26 mil em prêmios nas categorias adulto e infantil além de troféus para Melhor Diretor, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Figurino, Melhor Maquiagem, Melhor Cenografia, Melhor Iluminação e Premio CPT de Dramaturgia. Os espetáculos selecionados por um júri especializado serão apresentados de 28 de setembro a 11 de outubro no Teatro Raul Cortez. O festival é realizado pelo Centro de Pesquisas Teatrais de Duque de Caxias (CPT) e a secretaria municipal de Cultura e Turismo. A inscrição é gratuita.

Para o secretário de Cultura e Turismo Jesus Chediak, “O festival de teatro do CPT é muito importante para cidade e coloca Duque de Caxias no mapa do teatro a nível nacional. Além disso, contempla os grupos nacionais, do estado e da Baixada Fluminense e atrai cada vez mais o público. Incentiva também a criação de novos grupos na região”.

 “O Festival Nacional de Teatro de Duque de Caxias chega a sua 12ª edição transcendendo a produção artística e elevando a instancias a ideia de formação de plateia e intercâmbio cultural artístico. O festival movimenta, por edição, cerca de 15mil espectadores e 300 profissionais de todo o Brasil”, informa o diretor do CPT Guedes Ferraz acrescentando que este ano serão abertas novas frentes de atuação e ampliado o acesso para apresentação de grupos e coletivos em formação.

O regulamento e a ficha de inscrição estão disponíveis na página do CPT na internet: http://cptdc.blogspot.com.br/. Outras informações sobre o festival poderão ser fornecidas pelos organizadores do festival através do telefone 2671-3056.


Fonte: PMDC





Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cansei, poesia

Recital de Poesia e Microrrelato em Vigo, realizado  no Galo Vento. Cansei, é uma das poesias que recitei no evento. A poesia está publicad...