terça-feira, 6 de julho de 2010

Colégio São Francisco de Assis realiza evento de encerramento de atividades






Na próxima sexta-feira, 16, a direção do Colégio São Francisco de Assis (CSFA), promove o evento histórico
de encerramento das atividades no prédio principal, ocupado há 52 anos, que será entregue pela Igreja a um
grupo de investidores, que viabilizaram a construção de um novo prédio. O colégio, que é um dos mais
tradicionais de Duque de Caxias, foi fundado por frades franciscanos em 1958 e, desde então, presta uma
valiosa contribuição na formação acadêmica e humana no município.
O imóvel, a partir de 1942, foi templo da primeira Matriz da Paróquia de Santo Antônio, padroeiro da cidade,
sob a pastoral dos frades franciscanos. Centenas de pessoas foram batizadas e casadas no local. Em 1958,
um novo terreno foi comprado e a Igreja mudou para a Avenida Presidente Kennedy, onde atualmente
funciona a sede da Diocese de Duque de Caxias e São João de Meriti. A partir disso, os frades criaram o
Colégio São Francisco de Assis, uma instituição fiel ao ensino de qualidade, situada no Calçadão da José de
Alvarenga, 527. Mesmo após uma profunda reformulação da escola na área administrativo–pedagógica, o
atual Bispo da Diocese, Dom José Francisco, explica que ‘o Colégio São Francisco de Assis, juntamente com
o Colégio Santo Antônio, teve e tem um papel fundamental no campo da educação católica em Duque de
Caxias. Durante 52 anos, muitos cidadãos e cristãos caxienses foram educados em nosso Colégio e, hoje,
colaboram na construção de nossa cidade’.
Negociado no segundo semestre de 2009, o prédio com uma rica história patrimonial do município de Duque
de Caxias, cuja fachada original ainda é da primeira Matriz de St. Antônio, será radicalmente transformado
logo após a posse pelo grupo que decidiu investir no local, que ainda não foi revelado. O diretor geral do
Colégio, Diácono João Querino, enfatiza que a longa caminhada naquela edificação produziu muitos frutos:
“Quantas famílias podem relacionar, dos seus membros, quais já tiveram o privilégio de participar das
atividades escolares, ou ainda, num momento anterior, os batismos, eucaristias, crismas e casamentos que
foram celebrados sob esse teto que hoje não mais poderá nos abrigar. Fatos esses tocam na memória e no
coração de muita gente.”
Querino ainda ressalta que a marca do ensino do CSFA continuará sendo a preocupação com a integralidade
e a plenitude da formação do indivíduo. “Por isso mantemos nossa identidade e reforçamos a qualidade do
nosso trabalho, recorrendo aos Franciscanos, para a assessoria nesse momento de retomada.” Isso, porque
uma nova construção está sendo erguida para acolher alunos e funcionários a partir de 2011. 
A festa de encerramento terá início às 08h30 com uma missa presidida por Dom José Francisco, e termina
com apresentações artísticas, incluindo a bateria da Grande Rio, às 11h. Ex-alunos e funcionários, além de
muitos outros que já exerceram e ainda exercem alguma atividade naquela edificação estarão presentes na
celebração, bem como diversos fiéis, que já confirmaram presença após convite, por terem professado sua fé
no local durante as primeiras décadas de existência do templo.
 O local da cerimônia será no Calçadão José de Alvarenga, 527, Centro – Duque de Caxias. (Atrás do Ela Shopping), na sexta-feira, 16 de julho, a partir das  08h30.


 Palavra do Diretor, Diácono João Querino

"Neste momento, com certeza, não seria precipitado revelar a esperança que habita os corações de todos os envolvidos no processo. Uma esperança de que teremos muito apoio para enfrentar o desafio dessa nova etapa da missão iniciada há mais de meio século, pelos padres Franciscanos e cujo trabalho retoma nossa cidade pela mão, para continuar o caminho.
            Maior ainda do que essa esperança é a certeza de que Deus cuida de todas as pessoas que a ele recorrem. E nós, humildes servos que oram a cada dia, não só pela geração de hoje, mas por muitas outras que ainda desfrutarão de nosso trabalho, nos sentimos cada vez mais motivados e agradecidos diante de cada pergunta, sugestão e até mesmo das ameaças, pois tudo isso resume um certo reconhecimento do provável sucesso que poderá até não ser imediato, mas com o passar do tempo estaremos estendendo cada vez mais o ensino e a evangelização para muitas crianças e jovens das famílias de nossa cidade e da vizinhança."

foto: Alberto Ellobo

 

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cansei, poesia

Recital de Poesia e Microrrelato em Vigo, realizado  no Galo Vento. Cansei, é uma das poesias que recitei no evento. A poesia está publicad...