segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Canteiro Escola muda a realidade de ex-catadores do Lixão de Gramacho


Dois meses após sua inauguração, o Canteiro Escola da Faetec já transforma a realidade de ex-catadores de lixo em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Cerca de 60 pessoas, a maioria ex-catadores, foram capacitadas em cursos oferecidos pela Fundação de Apoio à Escola Técnica. As próximas turmas começam na próxima sexta-feira (10/8).

– Essa escola é uma oportunidade maravilhosa. Aqui as pessoas aprendem a abrir portas. Eu, por exemplo, estou construindo a minha casa com o que aprendi aqui – disse  a ex-catadora do Lixão de Gramacho e aluna do curso de Pedreiro,  Izonilda Ferreira.

O Canteiro Escola é resultado de uma parceria entre a Faetec, que é vinculada à Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia, e a Associação Carioca de Catadores e Ex-catadores (Acex). A iniciativa conta também com o apoio da Secretaria de Estado do Ambiente (SEA).

Para o diretor da Acex, Absalão Alves Gonçalves, a escola representa mudança de paradigmas de vida.

- Cerca de 95% dos catadores não sabem fazer outra coisa, senão a reciclagem. Aqui eles estão aprendendo uma profissão que promoverá novos rumos para suas vidas – comenta o ex-catador que trabalhou por 26 anos no Aterro de Jardim Gramacho.

O projeto, que funciona numa estrutura de 936 m², recebeu investimento de R$ 250 mil. Além dos cursos para a Formação Inicial e Continuada (FIC) de Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão, Encanador Instalador Predial, Pedreiro de Alvenaria, Carpinteiro de Obras e Informática Básica, a unidade oferece aulas complementares de Língua Portuguesa e Matemática.

Todos os cursos oferecidos pela escola são gratuitos e têm como objetivo requalificar os profissionais que dependiam do funcionamento da área do Lixão, que funcionava há mais de 30 anos às margens da Baía de Guanabara, considerado o maior da América Latina. Os moradores do entorno da escola também podem usufruir da unidade.

Outro que também reconhece a transformação de vida é o ex-catador Marco José Tavares, hoje aluno dos cursos de Pedreiro e de Carpinteiro, que já trabalha na Construção Civil.

– Trabalhar no Aterro era como estar em uma guerra e na guerra você vê de tudo um pouco. Para sobreviver a gente deixava passar o que não servia e se agarrava naquilo que mantinha a nossa sobrevivência. Agora, saímos de uma guerra e voltamos sonhar – disse.

Parcerias

O coordenador do Canteiro Escola, Helymar Araújo, ressalta que o sucesso do projeto é fruto de parcerias bastante consolidadas.

– O comprometimento da Faetec que acreditou na ideia e a dedicação dos professores, aliado ao empenho dos alunos estão promovendo o resgate da cidadania dessas pessoas – afirmou Helymar Araújo.

Outro ponto para o sucesso do projeto são as oportunidades profissionais que empresas da região estão oferecendo para os alunos da escola e a contribuição de instituições da Construção Civil para o êxito da iniciativa. Um dos parceiros do Canteiro Escola é o Serviço Social da Indústria da Construção do Rio de Janeiro (Seconci) que promove palestras com especialistas do setor e cadastro dos alunos em seu banco de empregos.

O resultado dessas parcerias é a confiança que muitos alunos depositam nesse novo futuro profissional. Esse é o caso do motorista Hélio de Anchieta, que destaca a qualidade do ensino oferecido e faz planos.

– O curso foi muito bom. Ao terminar o a qualificação, pretendo aperfeiçoar-me ainda mais na área e no futuro ser um profissional completo. Há pessoas que acreditam em um futuro melhor e essa escola contribui bastante com isso – ressalta o aluno do curso de Eletricista.

O Canteiro Escola Jardim Gramacho fica na rua Bragança, lote 31, quadra 202 – Jardim Gramacho, em Duque de Caxias.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Bolsas de estudos para Europa

Bolsas Erasmus Mundus na Europa. MAYANET é um programa de bolsas para estudantes de graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado e pós-do...