quarta-feira, 3 de setembro de 2014

APRESENTAÇÕES CIRCENSE DIVERTEM ALUNOS DO PROJETO ESCOLA VAI AO TEATRO

O teatro Raul Cortez virou um grande picadeiro nesta segunda-feira (1/9), durante o espetáculo “O pequeno grande circo Brasil”, do Centro Experimental de Teatro e Artes (CETA). As apresentações de malabarismo, contorcionismo, acrobacia e técnicas de palhaçaria divertiram os alunos das escolas municipais Barão da Taquara, Francisco Barbosa Leite e Professora Carmem Lúcia Rezende Alvim da Silva, que participaram do projeto “Escola Vai ao Teatro”. A iniciativa da secretaria municipal de Cultura e Turismo conta com o apoio da Fundação Nacional de Artes (FUNARTE) e da secretaria de Educação.
Convidado pelo grupo Davy Rodrigues participou da atividade no início do espetáculo
Aluno da escola municipal Professora Carmem Lúcia Rezende Alvim da Silva, Davy Rodrigues, de 8 anos, foi um dos que mais se divertiu. Ao lado da palhaça Margarida, o morador de Santa Cruz da Serra foi um dos personagens da abertura do espetáculo. “Foi divertido. Gostei muito de ter participado, quero voltar mais vezes”, afirmou o aluno do 2º ano do Ensino Fundamental, que visitou o teatro Raul Cortez pela primeira vez.
O grupo do CETA interagiu com o grupo durante as apresentações
Diretora do espetáculo e intérprete da palhaça Margarida, Vânia Santos explica que a ideia do grupo é misturar a linguagem teatral e circense. “Hoje em dia temos poucos circos nos bairros, muito em conta pela falta de espaços. Além disso, muitas famílias não têm condições financeiras para ir a um circo de médio porte. Nossa ideia é levar essas apresentações a todos os públicos em todos os lugares que tiverem condição de receber a estrutura. Não trabalhamos com um texto nem temos limites para público”, destacou.
Diretora do espetáculo e intérprete da palhaça Margarida Vânia Santos explicou que o grupo une a linguagem teatral e circense
Além de Vânia Santos, a trupe do CETA teve apresentações de Viviane Reis, Adailson Amorim, Darlan Araújo e Eduardo Alves. Todos alunos do CETA, que teve início em 1998, na cidade de São João de Meriti, e sete anos depois mudou-se para Nova Iguaçu, onde mantém até hoje um Ponto Cultural.
Escola Vai ao Teatro
Iniciado em julho, o projeto se estenderá até setembro, sempre em três horários alternativos (10h, 14h e 16h), levando gratuitamente ao teatro alunos dos quatro distritos, com apresentações de companhias teatrais da Baixada Fluminense.
O espetáculo O Pequeno Grande Circo Brasil também teve apresentações de acrobracias aéreas malabarismo e contorcionismo
Entre as principais propostas do projeto estão: oportunizar espaços de sociabilização para as crianças, através da arte; estimular a apreciação das diferentes abordagens desenvolvidas pelo teatro; compreender o teatro como forma eficaz de aquisição de conhecimento. Além disso, pretende-se desenvolver a sensibilidade dos educandos na perspectiva da arte e da educação, promovendo o contato com o teatro dentro e fora da escola.
Nesta terça-feira (2/9), o Centro Experimental de Teatro e Artes volta ao teatro Raul Cortez para mais uma apresentação do espetáculo “O pequeno grande circo Brasil”.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cansei, poesia

Recital de Poesia e Microrrelato em Vigo, realizado  no Galo Vento. Cansei, é uma das poesias que recitei no evento. A poesia está publicad...