terça-feira, 16 de setembro de 2014

Grupo da Argentina e de vários estados do Brasil participam da 13ª edição do Festival de Teatro EncontrArteem Nova Iguaçu



23 espetáculos adultos e infantis serão apresentados neste que é o segundo maior festival de teatro do Estado.


Clube dos Palhaços – Irmãos Brothers

A 13ª edição do Festival de Teatro EncontrArte, que acontecerá de 18 a 27 de setembro em Nova Iguaçu, é um marco na história do evento, pois trará pela primeira vez um grupo internacional, da Argentina. Além da Compañia La Caravana, vão participar grupos da Bahia, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, companhias cariocas e da Baixada. Todos os 23 espetáculos adultos e infantis serão gratuitos e apresentados em praças de bairros, no teatro SESC Nova Iguaçu e no teatro Sylvio Monteiro, do Complexo Cultural de Nova Iguaçu.

A arte que se faz nas ruas, que quebra barreiras e propõe uma aproximação entre público e artistas é a tônica desta edição do festival, através da homenagem aos diretores Augusto Boal e Amir Haddad. Boal criou o Teatro do Oprimido e Amir fundou o grupo Tá na Rua. O ator Marco Nanini, internacionalmente conhecido por seu trabalho no teatro, no cinema e na televisão, e a atriz Eve Penha, que é ligada à região, completam a lista dos que receberão o troféu do festival.

Com patrocínio da Petrobras desde 2006, o festival administrado por Claudina Oliveira, Fábio Mateus e Tiago Costa sempre realiza uma maratona teatral. Este ano o EncontrArte, um dos eventos mais importantes do Estado na área, recebeu o prêmio Funarte para Festivais, o que possibilitou as apresentações nos bairros e conta com o apoio da TV Globo.

Mostrando que a arte derruba todos os limites, inclusive os geográficos, o EncontrArte receberá grupos da Bahia - Grupo Território Sírius Teatro e Grupo Salto Alto Investigações Cênicas-; Minas Gerais - Grupo Maria Cutia -; do Paraná - Cia Miiller de Teatro de Bonecos -; Rio Grande do Sul - Grupo Trompim Teatro-; São Paulo - Grupo Lamini CAC, Cia Teatral Amado Amado e Palhaço Bisgoio; da Argentina - Compañia La Caravana.

Os realizadores vão convidar o público para escolher o nome da mascote do festival. No ano passado os espectadores votaram pela internet e presencialmente decidindo a figura que representa o festival. E para comemorar os 13 anos ininterruptos do evento, acontecerá também a exposição fotográfica “Retratos do EncontrArte”, com curadoria da empresa EncontrArte, realização do SESC RJ e parceria da Funarte.

Alziro Xavier, Marcele Pontes, Mazé Mixo, Getúlio Ribeiro e Paulo César Rega, profissionais que cobriram o evento ao longo de mais de uma década, escolheram fotografias que mostram a visão particular de cada um sobre alguns dos mais de 200 espetáculos que passaram pelo EncontrArte. A exposição fotográfica "Retratos do EncontrArte” será aberta dia 17 de setembro, às 13h, na galeria do SESC Nova Iguaçu, e continuará até 26 de outubro, de terça a sábado, 9h às 20h, e domingos e feriados,  9h às 18h.
E do dia, 27 de setembro a 27 de outubro, na galeria do Complexo Cultural de Nova Iguaçu, sempre de segunda a sexta-feira,de 9h às 17h. O endereço é Rua Getúlio Vargas, 51, centro.

Os realizadores comemoram o interesse crescente das companhias em participar do evento em uma região ainda carente de iniciativas culturais de peso. Houve 113 inscrições, inclusive do Rio Grande do Norte e de Mato Grosso, além dos outros estados citados.

Em parceria com o SESC RJ serão oferecidas oficinas de Cenografia, direção teatral e Treinamento Acrobático para atores, e um seminário sobre Arte Pública.
O projeto visa movimentar o mercado dos espetáculos e produções, pois proporciona trabalho e renda para artistas, técnicos e profissionais prestadores de serviço diretamente ligados ao setor. Os espetáculos selecionados passaram pelo crivo de um júri altamente qualificado e conhecido no meio artístico. Os grupos apresentam peças que vão do drama ao imaginativo, da comédia ao circo, tudo para encantar a plateia.

OFICINAS:

Cenografia:
O iguaçuano Anderson Dias, um dos cenógrafos da novela Meu Pedacinho de Chão, na TV Globo, é o professor. Ele abordará desde a história da cenografia no teatro, a busca pelo conceito, pesquisas, até croqui com rascunho da ideia e mapa com disposição dos elementos no espaço cênico. Dias 19, 20 e 21 de setembro na sala multiuso do SESC Nova Iguaçu.

Direção teatral:
Ator e diretor, Renato Neves vai ministrar a oficina. Ela tem como objetivo principal proporcionar ao participante a oportunidade de observar que seu corpo é um instrumento de trabalho em função da arte. Que a consciência de seus gestos e atos cênicos trarão verdade e formas mais claras na construção de suas personagens. Dias 23, 24 e 25 de setembro, à tarde, na sala multiuso do SESC Nova Iguaçu.

Exercícios Acrobáticos para atores:
A atriz argentina Cora Alfiz vai realizar com os estudos treinamentos físicos específicos para o trabalho acrobático com atores : exercícios para estimular a força, resistência e flexibilidade; exercícios de postura; trabalho técnico pontual em parada de mão, rolamentos, pontes, e outros movimentos. Dias 23, 24 e 25 de setembro, durante a manhã, na sala multiuso do SESC Nova Iguaçu.

Seminário Teatro de Rua e Arte Pública:
A relação que existe entre o teatro que feito nas ruas e os artistas que se apresentam nas ruas como malabaristas, músicos, estátua viva representam o que atualmente considera Arte Pública que será o tema de discussão do seminário Teatro de Rua e Arte Pública. O debate acontecerá dia 17 de setembro, às 14h, na sala multiuso do SESC Nova Iguaçu e será aberto ao público.
Com mediação de LickoTurle, doutor em Artes Cênicas e autor do livro Teatro de Rua no Brasil – A Primeira Década do terceiro Milênio, terá participação de representantes dos grupos Tá na Rua, Centro de Teatro do Oprimido (CTO), Boa Praça, festival EncontrArte e Sindicato dos Artistas e Técnicos do Estado(Sated/RJ)


Toda a programação, detalhes e informações através do site:



Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cansei, poesia

Recital de Poesia e Microrrelato em Vigo, realizado  no Galo Vento. Cansei, é uma das poesias que recitei no evento. A poesia está publicad...