segunda-feira, 9 de maio de 2011

Mostra Brasilidade chega a Duque de Caxias



A Mostra Brasilidade, iniciativa que no ano de 2010 trouxe ao Rio de Janeiro filmes de curta, média e longa duração de diversos estados do Brasil, além de produções realizadas em Países da Comunidade de Língua Portuguesa, pôde levar parte de sua programação ao circuito de cineclubes do Estado do Rio de Janeiro.
Circuito que abrange um público normalmente distante dos grandes centros culturais e salas de cinema. O circuito Cineclubista Fluminense na Mostra Brasilidade será realizado durante os meses de Maio e Junho em cineclubes espalhados por toda a cidade. Em Duque de Caxias o Ponto de Cultura Lira de Ouro e o Cineclube Mate Com Angu vão exibir a mostra nas terças de maio.
Confira os filmes e os dias das sessões.

Local :  Sebastião de Oliveira, 72 – Centro de Duque de Caxias.

Programação :
10/05 – 19h
Curtas Terra Treme – Portugal
Uma produtora portuguesa chamada TERRATREME há um ano capacita jovens cineastas moçambicanos na cidade e província de Maputo na produção de cinema documental.
Filmes :
Intervalo (Portugal – 2009 –15’)
Direção: Nelson Mabuie
Sinopse: Mariamo completou 10 anos em setembro de 2009. Como pai, procurei encontrar uma forma de falar com ela sobre ‘o que é a adolescência?’. Através do cinema iniciamos um diálogo. Documentário.
Johana – A Terra que Roubou os Nossos Maridos (Portugal – 2009 –15’)
Direção: Natércia Chicane
Sinopse: A vida de Alice é o exemplo da história de muitas mulheres moçambicanas que viram os seus maridos partirem para Joanesburgo em busca de melhores condições de vida. “Johana” é a solução para muitos homens – terra de onde trazem roupas, sapatos, comida, tecidos e muito dinheiro. Contudo os objetivos traçados nem sempre são cumpridos. Documentário.
Olhem (Portugal – 2009 –15’)
Direção: Eliane Besson
Sinopse: Lucas e Isaura são cegos e trabalham e vivem em Maputo tendo as mesmas aspirações do resto da população. Exercem cargos de responsabilidade e desempenham atividades esportivas e de lazer. Embora estejam perfeitamente integrados na sociedade enfrentam diariamente barreiras e atitudes negativas. Documentário.
O Salão Azul (Portugal – 2009 –19’)
Direção: Luciana Hees
Sinopse: A rotina de um salão de cabeleireiro ao som da rádio na periferia de Maputo. Personagens diversos se cruzam no cotidiano do salão. Documentário.
Os 5 elementos (Portugal – 2009 –20’)
Direção: Madjer
Sinopse: O filme procura absorver o pensamento social de 5 elementos da cultura Hip-Hop (MC, DJ, B.BOY, GRAFITTY e CONSCIENCIALIZAÇÃO) e contribuir para a compreensão social e política do cidadão da periferia. Documentário
17/05 – 19
O Judeu
Direção: Jom Tob Azulay
Elenco: Dina Sfat, Felipe Pinheiro, Mário Viegas, Cristina Aché, Fernanda Torres, Ruth Escobar, José Lewgoy
Sinopse: Biografia do poeta e o mais célebre autor de teatro de Portugal do século 18, Antônio José da Silva. Nascido no Brasil, conhecido como “O Judeu”, pela origem judaica, ficou famoso por suas peças satíricas e pela perseguição da Inquisição que sofreu em Portugal durante o século XVIII. Antônio José da Silva redescobre o sentido da vida graças ao teatro de marionetes. Drama / CI: 16 anos
24/05 – 19h
Fala Mulher
Direção: Graciela Rodriguez e Kika Nicolela
Sinopse:Em São Paulo, 15 mulheres descendentes de africanos falam sobre suas vidas. Trabalhando como manicure, secretária, empregada doméstica, cabeleireira, professora ou cozinheira, elas dividem seu tempo também com o trabalho numa escola de samba e incorporando deuses nos barracões do candomblé. Documentário / CI: 14 anos

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cansei, poesia

Recital de Poesia e Microrrelato em Vigo, realizado  no Galo Vento. Cansei, é uma das poesias que recitei no evento. A poesia está publicad...