quinta-feira, 5 de maio de 2011

Registro das Memórias dos Mestres de Tradição Oral em Duque de Caxias


Da redação do : www.caxiasdigital.com.br

Nesta quinta-feira dia 05 de maio o Ponto de Cultura da Associação dos Amigos do Instituto Histórico, vai registrar as memórias de Paulo José dos Reis ( Babalorixá Instituição Espiritualista Oni Lewa Nijo)


Através da proposta de realização de entrevistas “Caminhos percorridos. Histórias construídas: a Tradição Oral em Duque de Caxias” serão registradas mensalmente em audiovisual as trajetórias dos Mestres da Cultura Local, particularmente os relacionados à capoeira, à religiosidade de matriz africana e às de Folias de Reis.


Estes registros serão editorados e farão parte do acervo do Instituto Histórico de Duque de Caxias,sendo apresentados aos alunos de ensino médio, de formação de professores e de licenciaturas que já transitam por esse espaço.
As entrevistas fazem parte do Projeto “Tecendo as ações no presente. Construindo a cidadania do futuro”, que propiciará a uma parcela da sociedade acesso a diversas linguagens culturais, divulgará diversas manifestações culturais existentes no município e valorizará os artistas e mestres locais. Ao participar das atividades propostas pelo Projeto, muitos jovens despertarão ou aprofundarão o interesse pela História, pela tradição oral e pelas artes com a perspectiva de manter algumas manifestações vivas. A proposta primordial é a difusão e a fruição de atividades culturais na cidade de Duque de Caxias, tendo como foco principal a memória e a identidade local numa perspectiva transversal e globalizada.
Para o Instituto Histórico e sua Associação dos Amigos, isto é muito  importante, pois contribui para a elevação da auto-estima e a possibilidade da comunidade ter acesso a atividades culturais que colaborarão para sua formação como cidadãos e na sua capacidade de intervenção social, levando ao fortalecimento de uma identidade local e formação e manutenção da memória da cidade.
A Associação dos Amigos do Instituto Histórico foi criada em 2001 com o objetivo de a sociedade civil participar, acompanhar e apoiar as atividades do Instituto Histórico de Duque de Caxias. Desde então, a Associação dos Amigos do Instituto Histórico vem apoiando a preservação dos documentos e colaborando na organização de encontros, seminários, exposições, lançamento de livros, registro em audiovisual das memórias dos habitantes locais.
fonte: www.caxiasdigital.com.br

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cansei, poesia

Recital de Poesia e Microrrelato em Vigo, realizado  no Galo Vento. Cansei, é uma das poesias que recitei no evento. A poesia está publicad...