quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Artes plásticas em Magé


Artes plásticas: Criaturas futuristas invadem rua em Magé

Shirley Costa e Silva

Fonte: www.baixadafacil.com.br
Artes plásticas: Criaturas futuristas invadem rua em Magé
Robôs, vaca híbrida, insetos gigantes e outros seres, que parecem ter saído de um filme futurista de ficção científica, habitam os arredores de uma casa, localizada no final da rua Dr. Antonio da Rocha Paranhos, no pequeno bairro de Fragoso, em Magé. No entanto, os visitantes podem ficar tranquilos, porque as criaturas não atacam. Elas são frutos da imaginação do artista plástico Elias Martins, que descobriu o dom de transformar ferro velho em obras de arte, há 15 anos, enquanto trabalhava em uma serralheria. “Adoro ferro velho. Olho para uma sucata e já imagino o que posso fazer com ela, no que posso transformá-la”, disse Elias, explicando o seu processo criativo.

As obras, que ficam constantemente expostas do lado de fora da casa do escultor, viraram atração turística no bairro. “Sempre vem gente aqui tirar foto. Alguns trazem parentes para ver as peças”, conta o artista.

No final de setembro, o local poderá ser melhor explorado pelos visitantes, com a inauguração de um bar temático, anexo à casa de Elias. Além de apreciar as obras, os interessados poderão levar um ferro velho para ser transformado pelo artista, e levá-lo para casa por um valor mínimo de R$ 50,00.


Arte - Criaturas futurístas de Elias Martins


Arte - Criaturas futurístas de Elias Martins


Arte - Criaturas futurístas de Elias Martins


Arte - Criaturas futurístas de Elias Martins


Para Elias, a doação de matéria-prima também é bem-vinda. Dependendo da quantidade, ele busca no local. “Já pedi doação de ferro velho para a prefeitura. Mas, infelizmente, não fui atendido. Até propus expor as peças em uma praça, junto a uma placa que explicasse a origem do material, mas ainda assim eles não quiseram doar”, conta ele.

Embora tenha feito alguns trabalhos por encomenda, como a decoração da loja do estilista Luiz de Freitas, em Ipanema, o artista conta que ainda não teve a oportunidade de participar de exposições em outros municípios. “Quando for convidado para alguma exposição fora daqui, vou fazer o meu melhor trabalho”, revela ele, empolgado.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cansei, poesia

Recital de Poesia e Microrrelato em Vigo, realizado  no Galo Vento. Cansei, é uma das poesias que recitei no evento. A poesia está publicad...