quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Cinco episódios onde os governos tentaram controlar a internet


24/08/2011
Do blog Geek List, na Info Exame

Às vezes, amistosa, outras, polvorosa. Assim pode ser definida a relação entre governos e as empresas web. Os embates se acirraram ainda mais depois que os usuários descobriram como derrubar governos com a ajuda das redes sociais. Agora, os políticos querem conversar e, talvez, estabelecer regras para o uso da web. Confira abaixo cinco batalhas dessa queda de braço:
1 – China invadiu o Gmail
O episódio, que começou como uma invasão de e-mail, quase gerou uma crise diplomática. O governo chinês foi acusado de rastrear mensagens, trocados via Gmail, de ativistas contrários ao regime. A China negou a invasão. Contrariado, o Google ameaçou deixar o país. No fim, nada aconteceu, mas as relações entre as partes nunca mais foi mais a mesma.

2 - Áustria proibiu Street View nas ruas
Acusados de acessar indevidamente dados de usuários compartilhados por meio de redes Wi-Fi, os carros do Google foram proibidos de trafegar nas ruas da Áustria. Porém, os austríacos não foram os únicos. Alemanha, Canadá, Itália e Estados Unidos também abriram investigações para saber quais eram as reais intenções do Google com o serviço.

3 – Egito bloqueou a internet
Após o início dos protestos em janeiro deste ano, o então presidente do país, Hosni Mubarak, decidiu cortar o acesso da população à web. A fim de ajudar os egípcios a denunciarem os abusos cometidos pelo ditador, o Google lançou um canal que recebia os tuítes enviados via SMS e fazia a atualização das contas no Twitter. Mubarak foi deposto e a internet voltou a operar no país após alguns dias.

4 – Sarkozy queria controlar a web
Assustando com a onda de revoluções mobilizadas pela web que atingiram o mundo árabe, o presidente da França defendeu a regulação da web pelos governos durante a e-G8, encontro de grandes executivos da web com autoridades governamentais, realizado em maio deste ano. “Eu não consigo imaginar nenhum delegado nesta conferência que gostaria de ver o crescimento da internet retardado devido a regras estúpidas impostas por um governo”, rebateu o ex-CEO do Google, Eric Schmidt.

5 – Inglaterra vai se reunir com redes sociais
Após a onda de violência, mobilizada por meio de redes sociais, que assolou o país, o primeiro-ministro, David Cameron, decidiu convocar uma reunião com representantes do Twitter, do Facebook e do BlackBerry para discutir formas de controle sobre os serviços. O encontro está marcado para esta quinta-feira (25). 
Novos capítulos da novela devem ser divulgados em breve.

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Cansei, poesia

Recital de Poesia e Microrrelato em Vigo, realizado  no Galo Vento. Cansei, é uma das poesias que recitei no evento. A poesia está publicad...